Cuidado com as recaídas

Opa! Será que você anda tendo os devidos cuidados com as recaídas na sua dieta? Ou será que anda sofrendo leves escorregadas durante a sua rotina alimentar? – Talvez um chocolate tenha passado tranquilamente pelo seu alerta do regime! O que tem a dizer sobre isso?

Tudo bem! Sabemos que ninguém deve ter um comportamento de um robô ou ser um general quando o assunto é alimentação, afinal, atire a primeira pedra que nunca acabou furando a dieta!

Mas é importante saber se há algo de errado com relação ao seu estilo de dieta ou comportamento alimentar para que se depare com vontade de dar essas escapadinhas! Já parou para pensar nisso?

Confira nesse artigo algumas das razões que podem estar motivando as suas recaídas e saiba como contornar a sua situação e proteger o seu projeto de emagrecimento!

Cuidados com as recaídas na sua dieta – saiba como evitar!

Se você está vivenciando um programa de emagrecimento e está dedicada no seu projeto de perder aqueles quilinho indesejados par entrar em forma sabe que no inicio tudo é a mais pura empolgação, não é verdade! Mas depois de um determinado prazo, esse projeto começa a ficar cada vez mais pesado e difícil!

Principalmente porque logos no inicio da dieta conseguimos ver um progresso bem mais rápido da perda de peso e tudo parece estar caminhando na mais perfeita paz! Só que em um determinado momento, você começa a perceber que os ponteiros da balança não estão mais tão acelerados em diminuir – E é justamente nesse momento que começam a surgir os terríveis testes de resistência.

Parece que todas as guloseimas que antes você resistia bravamente se tornam ainda mais atraentes e chamativas, e tudo o que você pensa é devorar aquela barra de chocolate!

Mas calma! Nada de pânico. – Esse tipo de empreitada é normal e há motivos para que isso aconteça. De acordo com alguns especialistas isso ocorre porque muitas pessoas passam a penalizar de maneira mais severa e dura a adoção de uma dieta e na verdade esse nunca é o melhor caminho.

Tropeçar e acabar colocando “o pé na jaca”  não deve ser visto como um terrível fracasso e nem pode ser um fator para levar você à desistência do seu objetivo. – Logicamente, você não deve sair por aí comentando diversos deslizes só porque estamos expondo essa informação.

Na verdade, o mais indicado é fazer uma avaliação do seu atual comportamento, levando em consideração o seu lado emocional e também como você está buscando se alimentar.

Mas onde está o perigo? Porque eu estou tendo recaídas?

Um dos fatores que leva ás pessoas a não terem cuidados com as recaídas é a ansiedade! Naturalmente depois de algum tempo fazendo dieta e realizando atividades físicas o corpo passa a se adaptar a atual condição.

Não é que você não esteja mais conseguindo emagrecer – na verdade seu corpo queimou a gordura e as calorias mais rapidamente no inicio do processo de emagrecimento porque você tinha mais a perder, e seu metabolismo estava passando por alterações.

Naturalmente, depois de um tempo, cria-se uma rotina e por conta disso temos a impressão de não conseguir mais o emagrecimento progressivo.

Pessoas que possuam um menor controle emocional também acabam sofrendo recaídas durante a dieta e um dos erros mais comuns são as projeções utópicas, do tipo “minha vida será maravilhosa quando eu estiver extremamente magra”.

Emagrecer não é um processo mágico, que acontece do dia para noite! Por isso, continue focando na sua disciplina alimentar com total foco e objetivo e não deixe de praticar as atividades físicas para potencializar esse processo! Esses cuidados com as recaídas deverão permanecer com você até onde você se projetou! Portanto: força!

 

 

 

0 comp
Anteriores

Metabolismo

Próximo

Corte o sal da sua dieta

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *